Home / Turismo / A igreja de madeira de Kizhi Pogost

A igreja de madeira de Kizhi Pogost

Quando se pensa em construir algo feito de madeira, sabemos que um dos elementos mais importantes são os pregos, já que eles agem como fixadores e mantém os pedaços da estrutura unidos. Mas Kizhi Pogost, que é uma das igrejas de madeira mais altas do mundo é completamente diferente. Ela foi construída sem o uso de pregos. Kizhi Pogost consiste em duas igrejas de madeira, e representa um dos exemplos mais refinados da era mais importante da carpintaria russa.

Kizhi Pogost é um local histórico localizado na ilha de Kizhi, na Rússia. O sítio remonta ao século XVII e é um excelente exemplo da carpintaria russa da época. A ilha está localizada na República da Carélia, no Lago Onega. Ela está localizada em uma área cercada da ilha, onde estão duas igrejas e uma torre com sino.

As duas igrejas são a Igreja da Transfiguração e a Igreja da Intercessão. Ambas foram construídas inteiramente de madeira. A cerca ao redor delas foi construída com a intenção de separar o solo sagrado do mundo exterior. Na década de 1950, a cerca foi reconstruída e acabou substituída por uma estrutura de troncos de 300 metros de comprimento.

A torre do sino, também conhecida como o campanário, fica a 30 metros de altura. A original foi danificada e reconstruída em 1862. A estrutura dessa torre é quadrada e possui três salas que abrigam uma antecâmara, escadas e um local de armazenamento. Assim como as igrejas, a torre do sino também é totalmente feita de madeira.

As igrejas e a torre do sino foram incluídas como Patrimônio Mundial da UNESCO em 1990 e como Patrimônio Cultural da Rússia em 1993. Embora os monumentos históricos dentro do Kizhi Pogost tenham ficado nas suas posições originais, outros vários monumentos foram levados para lá.

O que faz com que o Kizhi Pogost seja único é que foi inteiramente construída sem o uso de pregos. Nenhum prego foi usado para manter as seções da igreja juntas. A estrutura básica é construída de troncos redondos de pinheiro-silvestre. As toras de madeira têm cerca de 30 centímetros de diâmetro e 3 a 5 metros de comprimento. Milhares de troncos foram trazidos do continente para a construção.

A construção é atribuída às antigas tradições de carpintaria russas. As estruturas foram construídas usando uma marcenaria onde a madeira é interligada. Para as cúpulas, centenas de telhas de madeira em forma de diamante foram usadas. Os construtores criaram 22 cúpulas para a Igreja da Transfiguração e a Igreja da Intercessão conta com nove cúpulas e é tão impressionante quanto a outra.

De todas as estruturas, a Igreja da Transfiguração chama mais atenção. A igreja não tem aquecimento interno e por isso, nada é realizado lá durante o inverno. O altar foi construído em junho de 1714, mas a igreja que está de pé hoje, foi construída no mesmo local da anterior que foi destruída por um raio. Não há nenhum registro sobre quem construiu as estruturas. Uma lenda local diz que o construtor usou o mesmo machado para criar toda a estrutura e quando finalizou a obra, jogou o machado no lago e disse: “não há e não haverá outro para igualar“.

A Igreja da Transfiguração tem uma altura de 37 metros. As suas 22 cúpulas são de diferentes tamanhos e formas e elas seguem para todos os lados da igreja (ver figura acima).

Já se passaram pouco mais de 300 anos desde que os monumentos foram criados na ilha e, naturalmente vão se desgastando ao longo do tempo, sendo necessários reparos. Alguns já foram feitos e o mais recente na década de 1940, quando as igrejas voltaram a ter suas aparências originais. Apesar de todas as reformas e reconstruções, a igreja ainda consegue manter uma quantidade enorme de sua originalidade até hoje.

Veja também

Os fantasmas do Hotel Fairmont Banff Springs [Canadá]

Quando a construção da Ferrovia do Pacifico Canadense foi terminada em 1855, a companhia construtora …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com