Home / Música / Entrevistas / Entrevista: Tumbero (Cambuí – MG)

Entrevista: Tumbero (Cambuí – MG)

Dessa vez, mandei umas perguntas pros amigos do Tumbero, e como sempre, o Manoel (Bateria) foi extremamente gente fina e respondeu prontamente as poucas e toscas perguntas que mandei. Segue abaixo:


Salvem, amigos!

Dando continuidade a seção de entrevistas no blog, escolhi vocês, que são amigos e acima disso, adoro suas músicas (sinceramente o EP de vocês faz um bom tempo que não sai de perto do som e vai pro arquivo).

Fazendo uma pesquisa sobre vocês na internet achei bastante informações, mas gostaria de algumas outras.

 

Desajustados: Vocês estão na ativa desde 2010, portanto já são 7 anos. De lá pra cá foram lançados 3 EPs “Toscore (2011)”, “Vol. 2 (2015)” e mais recentemente o “Traição (2016)”. Existem planos para sair um full-length?

Manoel: Ae amigos desajustados, estamos na ativa desde 2010, de lá pra cá muita água rolou e muita ainda está por vir, estamos compondo material para um Full-Length nesse momento, quando sai? Esperamos que em breve.

 

Desajustados: A definição para “Hardcore Bruto das Montanhas” é genial, quem teve essa ideia?

Manoel: Sempre estivemos expostos a rótulos, e numa bela prosa bêbada saiu esse, creio que seja inspirado nos gigantescos discursos de bandas Black Metal, como: Black Metal das Gélidas Florestas Sem Vida! Ae saiu esse do Tumbero, não lembro de verdade, mas acho que foi o Thiago que soltou, e ficou!

 

Desajustados: Nos dois últimos EPs de vocês ouvimos alguns covers, dois de bandas gringas e outra nacional (leia-se:  Nek-Mastoj Nek Dioj do Stomachal Corrosion e Raping The Earth do E.N.T. e do lado nacional, Penso Logo Desisto do Lobotomia. Como é que rola essa escolha pelos covers? (P.S.: Erro de principiante meu em não ter verificado que o Stomachal é nacional).

Manoel: O Stomachal, é nacional, vira e mexe para, mas até esse momento está ativo, e o Lobotomia, nós colocamos esses covers no set list dos EPs porque havíamos gravado para um tributo a ambos, e até hoje ainda não saiu, o Extreme Noise Terror é uma puta referência, o pessoal já tava com essa música pronta ai foi, nem doeu!

 

Desajustados: Como é o processo de composição de vocês? Primeiro rola uma letra, depois vem uma melodia ou ao contrário? Ou vai surgindo naturalmente uma montagem em cima de alguma brincadeira que vai rolando nos ensaios?

Manoel: Cada EP foi de uma forma, no 1º, o Thiago já tinha quase todas as composições, o segundo foi forjado ao vivo, as músicas iam saindo natural, o 3º teve um cuidado maior, incluíamos algos, ou tirávamos dependendo da letra, ele foi mais cuidadoso, inclusive a parte do registro, ensaiamos bem mais para gravá-lo.

As músicas saem antes, aí o Thiago pega o bloquinho de notas e desenvolve um tema em cima.

 

Desajustados: O que vocês acham do cenário underground atual? Não sei como é aí na sua região. Aqui as grandes casas de show estão fechando, mas na mesma proporção estão abrindo outros espaços menores que acabam fornecendo ao público um acesso mais prático (e barato) a diversas bandas, o que também ajuda na divulgação e venda de merchan e coisa e tal.

Manoel: Eu sou da última geração analógica, mesmo assim conheci muita gente via internet, não troquei carta com ninguém e nunca escrevi para a sessão Headbanger Voice, hoje eu acho mais fácil, você pode levar sua banda para a praça se quiser, você pode gravar em casa, você pode mesmo lançar seus CDs.

Aqui na nossa região, provinciana, é ainda mais osso, o pessoal aqui se interessa muito por cover, ou Heavy Metal tradicional. O Tumbero é sempre o esquisitão da festa quando tocamos aqui! haha.

O que tá difícil é o público comparecer e prestigiar, parece que preferem ficar em casa, acho que isso desmotiva o produtor de evento, independente do tamanho que o mesmo seja.

Acho que o segredo é se reinventar e não desistir, tentar fugir das panelas, levar o barulho onde ele ainda não foi.

 

Desajustados: Ainda seguindo a ideia de lugares menores pra fazer show, dia 12 de agosto agora a gente vai tocar juntos novamente, dessa vez no evento Desgraça No Morro. Será nossa primeira vez em Taubaté e estamos bem ansiosos, pois vai ser um fest com um monte de bandas sensacionais. Vocês já tocaram lá? O que esperam desse fest?

Manoel: Cara, vai ser a 1ª vez do Tumbero lá também, e estamos bem empolgados, e são esses eventos que tendem a dar certo, onde o leque dos estilos das bandas é bem maior, ali tem Punk, Noise, Grind, Death Metal, Crust e mais um monte de barulho, o público também quer certa diversidade, é tudo underground. Esperamos que esse fest sempre aconteça e cada vez maior, e seja sempre assim, abrindo espaço para bandas correrias dentro do circuito, independente do rótulo que dão para elas.

 

Desajustados: O que vocês andam ouvindo ultimamente? Façam indicações, por favor!

Manoel:

Uzômi – A Revolta do Boêmio
Test – Espécies
PSG – Raça Humana
älä kumarra – #2016
Cop On Fire – Discography 12” (Altamente recomendado)
S.O.B. – Whats The Truth

 

Desajustados: Só para acabar (desculpe pelas toscas perguntas, mas estou iniciando nessa coisa de realizar entrevistas hahahaha). Quais os planos para o futuro? Discos? Vídeos? Shows? Tours?

Manoel: Estamos compondo novos sons, vamos gravar um cover do Nasum para um tributo a eles do Brasil, acabamos de jogar na rede o nosso primeiro clip decente e estamos muito felizes com o feedback, e fazer shows. A ideia é sempre tentar ir aonde ainda não fomos, tentar levar o Tumbero a outros ouvidos e tentar se esquivar de parasitas, fascistas e moralistas, sejam eles disfarçados de platéia, bandas e promoters falidos.

 

Desajustados: Espaço aberto aí pra vocês mandarem um recado, caso queiram

Manoel: Obrigado pelo interesse grande mano! Esses laços que criamos na estrada é que nos mantém na atividade e nos estimula a voltar e a também trazer vocês pra cá, praticando assim um intercâmbio cultural.

É noise!

 

Quer saber mais sobre o Tumbero?
Facebook: https://www.facebook.com/tumberobruto/
Bandcamp: http://tumbero.bandcamp.com/

Veja também

Novo EP do Dead Cross

Em 2017 Mike Patton (Faith no More) e Dave Lombardo (ex-Slayer) se juntaram com Mike …

Powered by themekiller.com