Turismo Assustador: Hell Fire Club (Irlanda)

No sul do condado de Dublin, na Irlanda, mais especificamente no topo do Montpelier Hill, existe um prédio que foi construído em 1725 por William Conolly, que é mais conhecido por Hell Fire Club e atualmente está em ruínas. Neste local, a mistura entre história e mito urbano se unem para garantir que permaneça na história de Dublin.

Originalmente, no topo do Montpelier Hill haviam apenas pedras e uma passagem pré-histórica. Parte dessas pedras foi removida do cume e usadas na construção do prédio. Logo após a finalização da obra, uma tempestade derrubou o telhado e a partir disso os moradores da região começaram a acreditar que os espíritos tinham se ofendido com a destruição do monte e estavam buscando vingança.

O Clube do Inferno

O Irish Hell Fire Club foi fundado no final de 1730 e era um dos muitos outros grupos com o mesmo nome que surgiram na Irlanda e Grã-Bretanha nos séculos XVII e XVIII, mas não se sabe muito a respeito da organização secreta, apenas que era um ponto de encontro de homens ricos e importantes da sociedade. e pouco se sabe sobre a organização secreta, mas certamente incluiu muitos homens ricos e importantes entre seus membros.

Naquele período, as crenças religiosas eram muito profundas e a cultura era extremamente restritiva, então acredita-se que muitos homens ingressavam no clube para poder participar de um estilo de vida que não condizia com o comportamento da época e com isso, os rumores sobre o clube começaram a surgir. Por exemplo, alguns acreditavam que os membros praticavam magia negra e rituais satânicos.

Claro que com toda a reputação negativa que o clube angariou, muitas outras histórias também surgiram. Uma das mais famosas conta que em uma noite escura em Montpelier Hill os membros estavam se divertindo jogando cartas, quando um estranho se juntou a eles. Em algum momento uma carta caiu no chão e quando um homem se abaixou para pegá-la, percebeu que o estranho tinha cascos no lugar de pés, era o próprio Diabo. Uma outra história bem conhecida é a de um rapaz que queria a todo custo saber o que acontecia nas reuniões do grupo. Certa noite ele subiu o morro e acabou convidado pelos membros do grupo para acompanhar uma reunião. Ele acabou sendo encontrado apenas no dia seguinte, tremendo e muito assustado. Segundo a tradição, ele nunca mais foi capaz de falar e nem mesmo se lembrava seu próprio nome. Outra história famosa é a de que membros do grupo chamaram um padre para exorcizar o demônio que estava possuindo um gato preto e que teria atacado um membro.

É claro que essas histórias são muito provavelmente falsas, porém algumas histórias sobre seus membros são verdadeiras e assustadoras.

Por exemplo, o caso de Lord Santry, uma pessoa muito conhecida em Dublin por suas bebedeiras sem fim e suas explosões de agressividade. Ele era conhecido por mudar muito sua personalidade quando estava bêbado e chegava até mesmo a cometer crimes. O crime mais perturbador ocorreu quando ele assassinou um criado doente que estava acamado. Ele o forçou a consumir uma garrafa de conhaque e depois colocou fogo nele enquanto estava deitado na cama. Santry acabou preso após julgamento, mas fugiu da prisão tempos depois e acabou exilado da Irlanda por ter assassinado outro criado anos depois.

Os crimes cometidos por Santry e a perseguição a membros do clube por serem suspeitos de blasfêmias apenas acelerou o fim do clube. As mortes horríveis de três importantes membros foram a gota d’água para que o grupo parasse de reunir. Na década de 1760, o clube acabou se desfazendo por completo e o prédio começou a se arruinar. No entanto, muitos outros grupos foram criados, inspirados no Hell Fire Club, mas nenhum chegou a ser tão conhecido quanto o clube do Montpelier Hill.

Visitação

Você sabia que é possível visitar o que um dia foi o Hell Fire Club, em Dublin? Pois é, se você estiver de passagem pela Irlanda e quiser conhecer esse lugar, você pode entrar em contato com uma empresa que faz passeios até o local. Segue abaixo mais detalhes.

A Hidden Dublin Tours oferece caminhadas noturnas guiadas até o Hell Fire Club, essa caminhada é conhecida por alguns como “a experiência a pé mais assustadora de Dublin”. Os passeios ocorrem as quintas e sextas-feiras às 19h. Você pode arriscar ir diretamente ao ponto de encontro, mas o ideal é fazer sua reserva on line AQUI.

O passeio dura em média duas horas e meia e o guia contará as histórias sobre este lugar. Você poderá fazer sua própria tocha com fogo ou usar o celular para iluminar algumas áreas.

No fim do passeio, a sugestão é seguir de lá para o pub O’Sheas, onde você pode curtir uma boa cerveja, dançar e se divertir a noite toda.

Veja também

A rocha de Al Naslaa (Arábia Saudita)

Em todos os continentes existem centenas, talvez milhares de construções monumentais que são tão incríveis …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *