Home / Lugares / Lago Natron (Tanzânia)
Aerial view of Lake Natron, found near Mount Kilimanjaro in Tanzania, with bright red color attributed to salt loving halophile organisms

Lago Natron (Tanzânia)

No norte da Tanzânia, próximo da fronteira com o Quênia, existe lago Natron, que é um dos mais serenos da África e que também tem os registros fotográficos mais assustadores de animais que parecem ter se transformado em pedra de maneira instantânea.

Este lago é salgado, mas não apenas salgado, a água de lá tem um pH de 10,5, quase tão alto quanto a amônia. A água entra naturalmente, mas só consegue escapar evaporando e é tão cáustica que podem queimar a pele e olhos de animais que não estão adaptados. O fotógrafo Nick Brandt, responsável pelas fotos mais incríveis deste lago, registou que: “É tão alto que retira a tinta das caixas de filme da Kodak em alguns segundos“.

A temperatura da água mantém uma média de 120º e, como você deve imaginar, praticamente não é possível a vida marinha. Uma única espécie de peixe (Alcolapia latilabris) vive por ali, além de algumas algas e uma colônia de flamingos que se alimentam dessas algas.

É comum que aves colidam com a superfície do lago pois acredita-se que por causa das águas densas e reflexivas, para os pássaros, pode parecer que eles estão em altura diferente do que realmente estão. É durante a estação mais seca, quando a água recua um pouco, que é possível ver as carcaças muito bem preservadas de várias aves ao longo da costa do lago.

Se você quiser tentar ver os animais “mumificados”, a melhor época do ano para visitar o lago é entre julho e outubro.

Fontes:

Atlas Obscura
Live Science
Smithsonian Mag
Wikipedia

Veja também

Templo Kailasa (Índia)

Hoje vou descrever mais um incrível templo localizado na Índia. Este, também é um dos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com