Manuscrito Voynich

Este famoso manuscrito, é extremamente misterioso e já foi dito até que ele seria “o livro que não deveria existir”. Qual a origem por trás desse manuscrito e quem o escreveu?

Wilfred M. Voynich nasceu em 1912 com o nome de Michal Wojnicz. Ele mudou seu nome depois de fugir de sua terra natal, a Polônia e se estabelecer em Londres.

Quando ele chegou em Londres, abriu uma livraria e tornou-se razoavelmente bem sucedido e isso o levou a, eventualmente, aumentar seus negócios para a América.

Como vendedor de livros ele não era tão impressionante. Seu negócio era decente, mas haviam outros comerciantes, que muitas vezes vendiam muito mais livros que ele. No entanto, tudo isso mudou quando ele adquiriu um manuscrito muito especial em um acordo secreto com a misteriosa e antiga ordem de Jesuítas.

A antiga ordem de jesuítas era também conhecida como a “Companhia de Jesus” e eles se estabeleceram na faculdade Ghislieri em Frascati, Itália. Esta faculdade é o cenário para o negócio que trouxe o misterioso manuscrito Voynich a atenção pública.

Voynich fechou um acordo com os jesuítas e acabou com o livro em sua posse. Ele ficou em seu poder até sua morte em 1930 e foi, em seguida, entregue para sua esposa.

Assim que ela tomou posse deste livro, houve um frenesi louco de lances e ofertas por ele a partir de vários revendedores e especialistas, mas ela decidiu ignorar a todos. Ela ficou com o livro até que um dia entregou para um de seus amigos mais próximos.

O misterioso manuscrito Voynich é agora considerado um dos itens mais raros do planeta.

Basicamente, ele é feito de manuscritos muito antigos, combinados em um formato de livro de 240 páginas feitas de velino. Velino é uma pele de vaca que foi seca e depois esticada para que possa ser escrito em cima.

Os peritos examinaram o livro e acreditam datar do século 15 , mas ninguém tem qualquer tipo de ideia sobre quem realmente escreveu.

Conheça-o-Manuscrito-Voynich-o-livro-que-ninguém-consegue-ler-01O texto foi escrito da esquerda para a direita sem pontuação, com considerável fluência e alguns caracteres se repetem pouco. Como o texto não foi traduzido, seu conteúdo foi deduzido pelas ilustrações. Ele seria um compêndio com seis seções identificadas:

  • Botânica – as espécies ilustradas nesta seção jamais foram identificadas;
  • Astronômica – diagramas de estrelas e alguns signos do zodíaco. Faltam páginas nesta seção, então é difícil identificar do que ela realmente se trata;
  • Farmacêutica – diversas imagens de ampolas e frascos, além de raízes e folhas de plantas.
  • Index – apenas texto sem imagens grandes, apenas pequenas estrelas ou flores. Acredita-se que seja um índice ou um receituário.
  • Biológica – essa é a mais estranha e indecifrável: apresenta várias ilustrações de mulheres nuas de anatomia estranha, algumas com ventres inchados (grávidas?). Os desenhos chegam a ser infantis. Elas se banham em piscinas ou banheiras cheias de um líquido escuro, ligadas a uma complexa rede de tubos;
  • Cosmológica – vários diagramas como os da seção astronômica, mas sem informação relevante. Uma das páginas se repete seis vezes.

e4235ac89d4869ea308994fe6634d2b7 Seria um grande passo se conseguissem descobrir quem escreveu este manuscrito, pois poderia nos dar alguma indicação para o que está escrito nele, uma vez que ninguém jamais foi capaz de decifrar a linguagem que o livro contém.

voynich_0_0

Existem mais de 35.000 palavras separadas dentro do livro, juntamente com ilustrações complexas e decorativas. Ninguém tem alguma ideia de como estas ilustrações podem ter a ver com o texto.

As ilustrações, em alguns casos parecem ser a respeito de vida vegetal, que passou por transformações. Outras imagens parecem mostrar desenhos de complexos aquedutos e até mesmo a representação anatômica de personagens femininas .

O manuscrito tem sido estudado por todos os especialistas no planeta, mas eles ainda não estão nada perto de descobrir a verdade por trás dele. Tanto os criptologistas e linguistas são completamente perplexos pelo livro!

Voynich_manuscript_bathtub2_example_78r_croppedSabe-se que o mais antigo detentor conhecido do livro foi Georg Barech, ele era um alquimista de Praga no início dos século 17. Algumas teorias dizem respeito ao fato de que Barech criou este livro para testar o seu substituto.

Outra teoria afirma que o próprio Voynich criou o livro como uma forma de garantir o seu futuro negócios.

As reivindicações não param por aí e, claro, há uma abundância para os teóricos da conspiração. Eles afirmam que é o produto de uma raça alienígena que o usou para viajar no tempo.

Li em algum lugar recentemente que alguns estudiosos agora acham que o livro poderia ser propriedade de um alquimista antigo. Ele aparentemente teria sido usado por ele para procedimentos médicos.

O fato de que o livro veio da Companhia de Jesus também poderia indicar que ele era de origem maçônica à Ordem dos Templários .

Bem recentemente, houveram rumores de que o misterioso manuscrito Voynich havia sido decodificado. Isso parecia muito interessante para mim, então verifiquei os artigos online, mas infelizmente, esta ‘decodificação’ na verdade não procede, os resultados não são conclusivos até agora.

Veja também

Big Nose George, o homem que acabou transformado num par de sapatos

Big Nose George Parrott foi um ladrão, salteador e bandido que atuou no oeste americano …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *