A maldição de Dunnellen Hall

Depois que seu marido morreu de um ataque cardíaco enquanto era levado para casa pelo motorista da família, Lynda Dick colocou o palacete Dunnellen Hall a venda, com seus 28 quartos. Ela havia comprado a propriedade, localizada em Greenwich, Connecticut, e disse ao corretor que a mansão trouxera má sorte a todos os donos. Na realidade, desde que saíra das mãos dos que a construíram, a maioria dos ocupantes passara por sérias dificuldades financeiras, alguns sofrendo processos judiciais.

Dunnellen Hall, uma mansão jacobina de 10 hectares de terra e com vista para Long Island Sund, foi construída em 1918 como presente de casamento de Daniel Grey Reid para sua filha Rhea e o marido Henry Ropping. Em 1950, os filhos venderam a propriedade para Loring Washburn, presidente de uma usina que produzia aço.

Em 1963, depois que Washburn sofreu grandes dificuldades financeiras, Dunnellen Hall foi desapropriada por uma companhia credora, e ficou vaga até que  foi adquirida por Gregg Sherwood Dodge Moran, artista e ex-esposa de um herdeiro da fortuna automobilística dos Dodge. Casou-se com o policial Daniel Moran, que mais tarde suicidou-se.

O financista Jack Dick pagou 1 milhão de dólares por Dunnellen Hall em 1968. Em 1971, foi indiciado e acusado de roubar 840 mil dólares através do uso de falsificação de documentos para obter um empréstimo. Morreu em 1974, antes que fosse julgado.

A despeito de Lynda Dick acreditar que a propriedade seja amaldiçoada, o preço de Dunnellen Hall aumentou para 3 milhões de dólares quando o armador Ravi Tikkoo, possuidor de superpetroleiros, comprou-a em 1974. Uma queda de preços, durante o embargo do petróleo na metade dos anos 70, forçou Tikkoo a vender a propriedade aos seus donos mais recentes, o magnata dos hotéis Harry Halmsley e sua esposa. Em 1988, os Halmsley foram indiciados por sonegação de mais de 4 milhões de dólares em impostos.

Veja também

A Batalha dos Aliados

No meio de agosto de 1951, duas inglesas que passavam as férias na França tiveram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *