Mao Sugiyama: O artista que fez uma refeição a partir dos seus órgãos genitais

Mao Sugiyama (nascido em 31 de março de 1990), é um artista e ilustrador japonês que ficou conhecido no mundo inteiro em 2012. Talvez você nunca tenha ouvido falar a respeito, mas segue abaixo uma pequena explicação do porque ele ficou tão conhecido.

Mao se autodenomina “assexuado” e para promover a assexualidade e a igualdade de gênero ele se submeteu a uma modificação corporal extrema, conhecida como Nullo. Esse tipo de modificação trata basicamente da remoção dos órgãos sexuais (e em alguns casos os mamilos) cirurgicamente.

No dia de seu aniversário de 22 anos, Mao Sugiyama se submeteu a esta cirurgia para anulação de gênero e poucos dias depois, publicou em sua conta no Twitter o seguinte texto: “Por favor, retuíte. Estou oferecendo meus genitais masculinos (pênis inteiro, testículos, escroto) como refeição por 100.000 ienes … Vou preparar e cozinhar como o comprador solicitar, no local escolhido.

Ele havia considerado comer seus órgãos genitais, mas acabou mudando de ideia e decidiu fazer o que ele chamou de uma declaração artística. É lógico que um anúncio dessa espécie rapidamente chamou a atenção de muita gente.

Sugiyama transformou o evento em um banquete, chamando-o de “Ham Cybele – Century Banquet”. Cybele se refere à deusa-mãe da Anatólia que incorpora a generosidade da terra e, Ham no Japão se refere a carne processada de uma maneira geral. HC também é um apelido de Sugyiama e Century é um homófono japonês para a palavra genitais.

Antes da cirurgia, ele passou um mês participando de farras sexuais para ter certeza absoluta de que não ia se arrepender posteriormente. Além disso, fez vários testes e constatou que não possuía nenhuma doença venérea.

Sobre o evento

Em 13 de abril de 2012, o dia combinado para o evento, cerca de 70 pessoas participaram do banquete promovido por Mao Sugyiama em uma casa de eventos no bairro de Suginami, em Tóquio.

Sugiyama, vestia uma roupa de chef, temperou e refogou os genitais. Cinco participantes (deveriam ser seis, porém um não apareceu no dia combinado) pagaram US$ 250 pela refeição “especial”, enquanto outros não arriscaram tanto e comeram carne de boi e crocodilo.

Algumas fotos foram tiradas no evento e da refeição já preparada, que exibe um pênis fatiado, um testículo fatiado e uma pele escrotal com três milímetros de pelos pubianos. Para decorar: salsa e cogumelos botão. Aqueles que comeram, descreveram o pênis como tendo uma textura de borracha e sabor suave.

Exposição legal

No Japão, o canibalismo não é crime, então Sugiyama não poderia ser preso por servir seus órgãos genitais. No entanto, uma acusação de exposição indecente pode resultar em dois anos de prisão e uma multa de até 2,5 milhões de ienes, ou $ 32.000 dólares.

Sugiyama alegou que a taxa de exposição indecente não se aplica, já que todos os presentes sabiam exatamente do que se tratava o evento. Além disso, ele se certificou de não violar nenhuma lei, incluindo a proibição da venda de órgãos, processamento de lixo hospitalar e requisitos de higiene alimentar. Ele afirmou que o evento foi motivado artisticamente, projetado para aumentar a conscientização sobre “minorias sexuais, sexo x, pessoas assexuadas”.

A atenção da mídia acabou diminuindo e as acusações foram retiradas em fevereiro de 2013.

Você já tinha ouvido falar em Mao Sugyiama ou na sua refeição bizarra? Deixe sua opinião ou comentário.

Fontes:
Everybody Wiki
All That’s Interesting
Huffpost

Veja também

Figuras Dogū

No período Jomon (14.000-400 a.C.), o Japão tinha uma densidade populacional mais alta do que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *