Home / Diversos / A sinistra estátua de São Bartolomeu

A sinistra estátua de São Bartolomeu

São Bartolomeu nunca chegou colocar seus pés em Milão, mas uma estátua sua chama a atenção por lá a mais de 400 anos. A história conta que São Bartolomeu foi esfolado vivo e decapitado em Albanópolis (atual Turquia). Na maior parte das representações, ele aparece segurando uma grande faca e sua própria pele.

Das esculturas que podem ser vistas no Duomo de Milão, uma em particular chama mais atenção do que a maioria das que estão a sua volta, é a estátua feita pelo escultor Marco d’Agrate em 1562. Atualmente ela pode ser vista entre o altar da apresentação e o de St. Agnes, na ala direita do transepto da Catedral.

O Juízo Final (Michelangelo). São Bartolomeu pode ser visto mais ou menos no centro da imagem (parece uma pele derretida)

São Bartolomeu é um dos doze apóstolos de Cristo, e que teria sido executado por sua fé cristã. Esta estátua retrata a maneira como ele deveria aparentar após sua enorme agonia e sofrimento. Nela, o santo que foi esfolado vivo, carrega o que parece ser uma cortina nos ombros e pelo corpo, mas na realidade é a sua própria pele (uma referência a tortura que sofreu). Antigamente, ele era retratado segurando um livro e uma faca, mas depois que Michelangelo o retratou com sua pele removida (na obra Juízo Final um pouco mais acima), ele passou a ser retratado dessa maneira.

A obra de Marco d’Agrate é extremamente realista e provavelmente é sua obra mais conhecida. Ele sabia que essa obra era tão incrível, que ao pé da estátua escreveu: “Eu não fui feito por Praxiteles, mas por Marco d’Agrate”, já que ele acreditava que esta criação não seria atribuída a ele, pela qualidade do estilo e habilidade na execução. Praxiteles era um dos mais famosos escultores de Atenas, na Grécia Antiga.

A estátua ficava fora do Duomo e desde sempre atraiu enorme interesse dos fiéis e visitantes. Resolveram então levá-lo para dentro, para “um lugar mais adequado para a admiração de intelectuais de arte“.

Gostaria de ver esta estátua? Veja abaixo algumas informações sobre a Catedral de Milão.

Localização: Praça do Duomo (centro de Milão)

Horário de Funcionamento:
Catedral: Todos os dias, das 8:00 às 19:00 horas.
Museu: De quinta a terça, das 10:00 às 18:00 horas.
Batistério: Todos os dias, das 9:00 às 18:00 horas.
Área arqueológica: Todos os dias, das 8:00 às 19:00 horas.
Terraço: Todos os dias, das 9:00 às 19:00 horas.

Valores:
Catedral e Museu
Adultos: 2€.
Menores de 6 anos: entrada gratuita.
Área arqueológica
Adultos: 4€.
Menores de 26 anos: 2€.
Terraço
Elevador: 13€ (adultos) e 7€ (crianças de 6-12 anos).
Escada: 8€ (adultos) e 4€ (crianças de 6-12 anos).
Acesso gratuito para crianças até 6 anos.

Veja também

Novas aranhas descobertas ganham nome em homenagem a personagens de Star Wars

Aracnologistas (especialistas em aranhas), descobriram recentemente 6 novas espécies de aranhas na Colômbia. A principal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com