Home / Conspiração & Teorias / Bermeja, a ilha que desapareceu

Bermeja, a ilha que desapareceu

Sabemos que o mundo ao nosso redor está em constante mutação, mas imagine o seguinte, um objeto existiu nos mapas até pouco tempo atrás, mas um dia, esse objeto simplesmente não estava mais lá. Imaginou? Pois foi exatamente isso que aconteceu com a ilha de Bermeja, no Golfo do México.

Até poucos anos atrás, a ilha de Bermeja servia como base para o México estabelecer sua zona econômica de 200 milhas náuticas, mas misteriosamente 20 anos depois, a mesma ilha desapareceu sem deixar nenhum vestígio. Junto com ela, documentos importantes sobre as principais reservas de petróleo, por exemplo, também desapareceram. Claro que isso deu origem a uma série de teorias da conspiração (a principal delas afirma que a CIA explodiu a ilha para expandir a zona econômica dos EUA).

A ilha Bermeja foi encontrada em mapas históricos entre 1535 e 1775, mas também neste período ela desapareceu de qualquer registro até 1857, quando um mapa dos Estados Unidos a incluiu novamente.

Em 1997, o governo mexicano enviou uma expedição da Marinha para localizar a ilha, mas não obteve sucesso. Até seu desaparecimento por completo, os registros diziam que a ilha tinha 80km² e sua localização exata seria: 22 graus, 33 minutos de latitude norte e 91 graus e 22 minutos de longitude oeste.

Perceba que com o desaparecimento dessa ilha, a zona econômica do México que antes possuía como limite a ilha de Bermeja, teve sua área bastante reduzida, pois o limite territorial do país passou a ser as ilhas Alacranes.

Em 2009 enviaram outro navio para fazer buscas com a tentativa de localizar a ilha, mas mesmo nessa segunda vez, nada nem nenhum vestígio foi encontrado, nem mesmo rochas danificadas, apenas o fundo do mar.

O que terá acontecido com a ilha Bermeja? Você tem alguma opinião? Conte pra gente nos comentários.

Veja também

Teoria da Conspiração: Homens de Preto

Depois que foi lançado o filme Men in Black (Homens de Preto, no Brasil), muita …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by themekiller.com