Sunandha Kumariratana

Quem foi Sunandha Kumariratana?

A princesa do antigo Sião e atual Tailândia, Sunandha Kumariratana, nasceu em 1860 e era filha do Rei Mongkut (também chamado de Rama IV) e de sua princesa consorte, Piam.

Naquela época era bastante comum que os reis siameses possuíssem grandes haréns de esposas e concubinas e não foi diferente com o rei Mongkut, que teve no total 82 filhos.

Rei Chulalongkorn após sua segunda cerimônia de coroação em 16 de novembro de 1873. Wikipedia Domínio Público

Ainda bastante nova, Sunandha se casou com Rama V (conhecido como Rei Chulalongkorn), tornando-se rainha consorte. Ser rainha consorte significava que ela possuía todos os títulos formais associados ao rei, mas sem nenhum poder político ou militar.

Rama V é lembrado até hoje por muitos de seus feitos que ajudaram a modernizar o antigo reino e evitaram a colonização do Sião por outras potências ocidentais. Já a rainha é mais lembrada por sua morte, que poderia ter sido facilmente evitada.

Antes de falar da morte de Sunandha, vamos entender algumas das superstições do povo siamês e porque sua morte poderia ter sido evitada.

Cultura e superstições

Assim como em muitas outras sociedades, haviam no Sião muitas leis especiais relegadas a realeza. Um exemplo disso é que ainda atualmente no Reino Unido existem protocolos rígidos com relação a uma pessoa comum tocar um membro da família real. No Sião, uma antiga lei afirmava que nenhum plebeu poderia tocar um membro da família real, sob pena de morte imediata.

Outra tradição afirmava que uma pessoa não deveria tentar salvar alguém que estivesse se afogando. Para eles, se você tentasse resgatar uma pessoa e ela conseguisse sobreviver, o rio reivindicaria a sua vida em substituição aquela que você havia salvo dele.

Neste período, o sistema exigia também que as pessoas comuns fornecessem trabalho gratuito para o governo por um determinado período de tempo todos os anos, mas isso foi abolido por Rama V durante seu reinado. Ele também aboliu o sistema de prostração, onde as pessoas deviam se prostrar no chão sempre que se aproximavam da realeza.

Rama V, Rainha Sunandha e sua morte trágica

Princesa Kannabhorn Bejaratana, filha do Rei Chulalongkorn (Rama V, o Grande) de Sião, com sua mãe, a Rainha Sunandha Kumariratana. Escritório da Casa Real, Reino da Tailândia / Domínio Público da Wikipedia

Como dito acima, Rama V se casou com a Princesa Sunandha quando ela era adolescente. Juntos eles tiveram uma filha, a princesa Karnabhorn Bejraratana. Aos 19 anos, Sunandha engravidou novamente e ela acreditava que nasceria um menino e que este por sua vez, herdaria o trono do Sião.

O rei não poupou despesas para que sua família fizesse uma viagem para visitar a residência de verão da família, que ficava fora da região. Ele queria garantir uma gravidez tranquila e que sua esposa encontrasse um lugar para descansar dos desafios de governar um país.

Mas para chegar até a residência, a rainha e sua filha precisavam cruzar o perigoso rio Chao Phraya, o maior daquele país. Os guardas colocaram a família em um barco separado (provavelmente por causa do status social que não permitia que viajassem em um barco normal). Acontece que fortes correntes de água surgiram e fizeram o navio real virar, fazendo com que a rainha e a princesa fossem lançadas no rio.

O trágico fim daquela família poderia ter sido diferente se não houvesse a lei de não tocar na família real. Vários espectadores assistiram a trágica morte da rainha e da princesa, sem poder fazer nada. A pessoa que se arriscasse a salvar alguém estaria condenada de qualquer maneira, ou pela lei da pena de morte ou pela crença de que o rio se vingaria daquele que havia salvo alguém.

Após o trágico acidente, o rei mandou prender os guardas por causarem a morte de sua esposa, filha e filho ainda não nascido e, revogou a lei que proibia pessoas comuns de tocarem membros da realeza. Pena que a revogação veio tarde demais.

Você conhecia a história da Rainha Sunandha Kumariratana? O que achou? Deixe seu comentário.

Fontes:
Rout You
History Collection
Wikipedia

Veja também

O povo Toda (Índia)

A Índia já foi citada aqui nesse blog diversas vezes, é verdade, mas não é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *