Novidades

O povo Toda (Índia)

A Índia já foi citada aqui nesse blog diversas vezes, é verdade, mas não é pra menos, é um país com uma cultura rica e fascinante. Sabemos que lá existe uma quantidade enorme de tribos, cada uma com suas características específicas e, uma delas é a tribo Toda que vive na região do planalto de Nilgiris.

Embora sua cultura, como a maior parte das outras, venha evoluindo com o passar do tempo, eles tem características e costumes muito interessantes e diferentes, que merecem ser compartilhadas.

Características

De acordo com a Encyclopædia Britannica, o povo Toda vive em pequenas aldeias com três a sete cabanas. Essas cabanas tem uma forma parecida com a de um de barril e em média com 3m de altura, 5m de comprimento e um pouco mais de 2m de largura.

A cabana de uma tribo de Toda em Nilgiris. Observe a decoração da parede frontal e a porta muito pequena.

O telhado de uma cabana típica se estende do teto ao chão pelas laterais, é feito de bambu e coberto com palha. Geralmente as paredes da frente e dos fundos são de pedras soltas e muitas vezes decoradas com alguma pintura.

As portas são muito muito pequenas, é necessário se abaixar para poder entrar. Ainda existem algumas cabanas desse tipo, mas hoje em dia já é possível ver casas mais modernas, como as do resto do país.

Este povo fala uma língua dravídica, assim como outros povos das colinas de Nilgiri e do sul da Índia, mas sua língua não tem forma escrita e, muitas vezes não é entendida por outros povos.

Cultura

Tradicionalmente, este povo ganha a vida criando búfalos, para eles os búfalos são tão importantes que são considerados sagrados e as fábricas de leite são consideradas como templos. Vale salientar que eles são vegetarianos.

Os padres também são muito importantes, existem vários rituais que envolvem eventos com a ordenha do búfalo para fabricação de manteiga. As fábricas de laticínios são similares as cabanas, mas apenas homens podem ficar por perto e durante as cerimônias, só os padres podem ficar dentro da cabana.

As fábricas de laticínios são feitas do mesmo jeito das cabanas do povo Toda, mas apenas homens podem ficar ali por perto. Durante as cerimônias, apenas o padre pode ficar dentro da cabana. Além disso, nem todos os búfalos podem ser usados para cerimônias ou rituais, existe uma separação entre búfalos do templo (os mais importantes) e os búfalos domésticos.

Rituais

Até mesmo nos rituais funerários, a figura do búfalo é importante. Por exemplo: tradicionalmente, se um Toda morre, há o sacrifício de búfalos. O tipo de búfalo e a quantidade a ser sacrificada depende do status social de quem morreu. Alguns exemplos: se uma mulher idosa morresse, doi búfalos domésticos eram sacrificados. Se fosse uma criança, um bezerro de búfalo seria sacrificado.

As práticas mais antigas aos poucos estão se acabando com as novas gerações, mas o sacrifício era feito através de um forte golpe na região entre os chifres do animal. Era necessário que não houvesse derramamento de sangue, pois para o ritual, o corpo do animal deveria estar inteiro.

Costumes

Em alguns casos, todos os irmãos de uma família Toda podem compartilhar uma casa e até mesmo uma esposa. Quando uma mulher engravidava, sem saber quem era o pai verdadeiro, um de seus maridos apresentava a criança em uma cerimônia, e se proclamava o pai da criança, independentemente de quem fosse o pai biológico.

As tradições deste povo sempre foram transmitidas oralmente, uma de suas mais importantes expressões são a poesia tocada e cantada. Homens e mulheres criam canções sobre eventos importantes usando uma linguagem poética.

Praticamente todas as mulheres tem habilidade para o bordado, são elas que produzem as roupas, mantos e toalhas de mesa. Cada item é muito bem elaborado e possui geralmente desenhos geométricos.

Religião

Tradicionalmente os Toda acreditavam no mundo dos vivos e mortos e nesse esquema, não havia inferno. Seus deuses e espíritos inclui “deuses das montanhas” e a divindade mais importante é “Tokisy”, que governa o mundo dos vivos. A terra dos mortos é vigiada por “On”, irmão de Tokisy.

Mais recentemente, elementos do hinduísmo começaram a ficar mais fortes entre os Toda e alguns deles até fazem peregrinações a locais hindus. Os Toda também têm xamãs que entram em transe para se comunicar com os deuses hindus. No começo do século XX, houve também a conversão ao cristianismo e agora existem várias comunidades cristãs.

Eles foram muito mais estudados durante a década de 1960, sabe-se que com o passar do tempo, muitos de seus costumes estão desaparecendo. Sabe-se também que a população quase dobrou e agora tem um padrão de vida um pouco melhor, já que não vivem exclusivamente da criação de búfalos. Outro detalhe é que como agora não vivem mais tão isolados quanto antes, tem mais acesso a cuidados médicos e com isso até aumentando sua expectativa de vida.

Fontes:
Outdoor revival
Facts and Details
Wikipedia

Veja também

Vimanas, as antigas aeronaves

Em todo o planeta, mas principalmente em regiões onde existiram civilizações que prosperaram, podem ser …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *